A perda de sentido do pecado e do sagrado

Escrever um artigo sobre uma realidade palpável e incontornável vai aborrecer os birrentos de plantão. Mas o carácter profético do batismo, reforçado pelo ministério, faz com que eu não possa ficar calado diante de tempos em que a banalização e a indiferença tomam de assalto os locais sagrados. Mais do que um artigo, um desabafo e uma esperança. Leia...

Acerca dos padrinhos no Batismo

A questão do batismo das crianças e a escolha dos padrinhos parece ser um dos assuntos que terminam muitas vezes em mal-estar e até mesmo afastamento da Igreja. Ora, parece ser necessário uma oportuna catequese, não só para o discernimento de quem escolhe os padrinhos, mas também para a compreensão das normas que não foram pensadas ao acaso.

Conheça o documento da Santa Sé sobre a Ideologia de Género

Conheça o documento da Santa Sé sobre a ideologia de género. Um desafio que a comunidade católica deve transformar em oportunidade para evangelizar e voltar a propor à nossa sociedade uma antropologia cristã. Um texto fundamental para os pais e educadores. Entre e leia uma resenha do documento e obtenha o link para o original...

A Ideologia de Género como um género ideológico

Segundo a socióloga alemã Gabriele Kuby, a ideologia de género “é a mais radical rebelião contra Deus que é possível: o ser humano não aceita que é criado homem e mulher, e por isso diz: 'Eu decido! Esta é a minha liberdade!' — contra a experiência, contra a Natureza, contra a Razão, contra a ciência! É a perversão final do individualismo: rouba ao ser humano o que lhe resta da sua identidade”. Leia...

O documento da Igreja que desmascara e condena o Reiki

"Uma vez que a terapia Reiki não é compatível com o ensinamento cristão ou científico, será inapropriado às instituições católicas, tais como os centros de saúde ou de espiritualidade católicos, ou qualquer um que represente a Igreja, tais como os capelães católicos, promover ou sustentar a terapia Reiki". Saiba porquê e leia a tradução do documento original...

Porque devemos batizar desde cedo as crianças

Há quem queira excluir as crianças do Batismo quando ainda não têm o uso da razão, por motivos religiosos, tal como pregam alguns protestantes, por razões ideológicas ou certo relativismo religioso. Saiba como contra-argumentar e conheça a importância de batizar as crianças desde cedo…

Porque é preciso ler e (re)pensar o morrer com dignidade

Possa este livro despertar muitas consciências para um embate que todos teremos de enfrentar diante das sombras tenebrosas e ameaçadoras da eutanásia. Leitura profunda, mas fácil, mesmo para quem não domine uma terminologia hospitalar, legal, religiosa ou filosófica, explicação lógica, iluminada e iluminadora. Leia a resenha, conheça a obra, argumente, atue na sociedade!

A unção dos enfermos e os supersticiosos desesperos

Pensar que a unção que o padre vai administrar aos doentes no hospital, em casa ou na igreja é para levar a pessoa à morte constitui hoje uma histeria generalizada que pouco ou nada tem a ver com a realidade. Deixe-se de desesperos e superstições nefandas, e dê-se conta da grande responsabilidade de zelar por este sacramento.

O pecado mais ignorado pelos homens

Explica-nos o Catecismo da Igreja Católica que, através de imagens, o Gênesis narra um acontecimento primordial com consequências que marcam a história do homem (n. 390): a existência de uma “voz sedutora, oposta a Deus”, o “anjo decaído” (n. 391) que “radical e irrevogavelmente recusou Deus e o seu Reino” o diabo, o pai da... Continue Reading →

Anestesiando a pessoa, é mais fácil matar

Deus, na unidade e variedade com que criou todas as coisas, por um ato de bondade, por amor, fez os homens à sua imagem e semelhança (Gn 1, 26), e deu-lhes o mandato de crescerem e multiplicarem-se (Gn 1, 28), conferindo-lhes assim uma altíssima dignidade e responsabilidade. À semelhança do amor Trinitário, que gera o... Continue Reading →

Ser perfeitos, será possível?

“Sede perfeitos como vosso Pai do Céu é perfeito” (Mt 5, 48). Para São Tomás de Aquino, a proposta feita na sequência do Sermão das Bem-Aventuranças jamais poderia ser prescrita ao homem se não fosse possível.1 Chegar à perfeição nesta vida consiste, para Santo Agostinho, na ausência dos desejos desordenados que se opõem à caridade. O... Continue Reading →

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑