Católicos em cima de muros, Igreja em apuros

Em cima do muro. Equilibrando-se, tentando não pender para um lado ou para o outro, assim procuram percorrer a vida muitos que se dizem Católicos. Praticam quando podem, isto é, quando não colocam outros compromissos sociais acima de Deus; rezam pouco, pois o mau uso do tempo não lhes permite mais; conhecem a moral e... Continue Reading →

O pecado mais ignorado pelos homens

Explica-nos o Catecismo da Igreja Católica que, através de imagens, o Gênesis narra um acontecimento primordial com consequências que marcam a história do homem (n. 390): a existência de uma “voz sedutora, oposta a Deus”, o “anjo decaído” (n. 391) que “radical e irrevogavelmente recusou Deus e o seu Reino” o diabo, o pai da... Continue Reading →

A Via da Beleza, Caminho da Verdade e da Bondade

Propondo uma estética teológica, Hans Urs von Balthasar pretendia abrir os horizontes do pensamento à meditação e à contemplação da beleza de Deus, do seu mistério e de Cristo no qual Ele se revela. Na introdução ao primeiro volume da sua obra magistral, Glória, o teólogo cita a palavra beleza “que para nós será a... Continue Reading →

Afinal, quem escolheu o Papa?

Neste dia em que celebramos a Cátedra de São Pedro, republico um artigo que redigi por ocasião do Conclave que elegeu o Papa Francisco. A intervenção de Deus na História A agitação e o frenesim próprios ao Carnaval iam longe quando uma notícia resolveu tirar o protagonismo televisivo e jornalístico da maior festa pagã ocidental.... Continue Reading →

Ser perfeitos, será possível?

“Sede perfeitos como vosso Pai do Céu é perfeito” (Mt 5, 48). Para São Tomás de Aquino, a proposta feita na sequência do Sermão das Bem-Aventuranças jamais poderia ser prescrita ao homem se não fosse possível.1 Chegar à perfeição nesta vida consiste, para Santo Agostinho, na ausência dos desejos desordenados que se opõem à caridade. O... Continue Reading →

A inteligência humilde e a néscia arrogância

“O Espírito abre à inteligência humana novos horizontes que a ultrapassam, e proporciona-lhe compreender que a única sabedoria verdadeira reside na grandeza de Cristo”.1 A inteligência é a faculdade pela qual o homem percebe a essência das coisas. Atinge o imaterial, embora dependente das faculdades sensitivas que lhe fornecem os elementos a percecionar. Consequentemente, aos... Continue Reading →

Santo Natal

Um menino nasceu para nós (Is 9, 5). Que o Príncipe da Paz (Is 9, 6) e Sua Mãe, Rainha e Senhora da Paz, tragam a este mundo a verdadeira paz. Ressoe assim por toda a terra o cântico dos Anjos: “Glória a Deus nas alturas, e paz na terra aos homens de boa vontade... Continue Reading →

Não há aniversário sem aniversariante

São tantas as casas em que se pode escutar o contentamento de múltiplas e animadas vozes de familiares e amigos. Pelo tilintar das louças e copos que se misturam entre risos e brincadeiras dos mais novos percebe-se ser um dia especial, preenchido por animadas tertúlias em torno de uma pantagruélica comezaina. Celebra-se uma gulosa festividade... Continue Reading →

O Advento da Verdade

Desde os primeiros tempos que os homens procuram avidamente a verdade. Se bem que muitas vezes tivessem chegado a conceitos comuns, nem sempre concordaram nos critérios, e arriscaram posições num campo que parecia não transcender a semântica ou mesmo a lógica. Foi assim que muitos filósofos gregos da antiguidade começaram por procurar a verdade face... Continue Reading →

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑