O guru ideológico do Maio de 68

Na revolução do Maio de 68, um dos seus principais líderes estudantis (Daniel Cohn-Bendit) revelava que os contestatários tinham quase todos lido as obras de Sartre. Para entender o Maio de 68, precisamos conhecer o seu guru ideológico, Jean-Paul Sartre. Convido-o também a ler no fim deste artigo uma história inédita da revolução, contada por uma testemunha presencial... hoje, sacerdote da Igreja Católica.

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑