A cultura da vulgaridade e da feiura: uma desconstrução estética, para mudar a ética

Tradicionalmente, são conhecidos quatro transcendentais do ser: Bonum, verum, pulchrum, unum – o bom, o verdadeiro, o belo e o uno (indiviso) –, herança filosófica e metafísica de um passado ao qual São Tomás de Aquino enriqueceu acrescentando um quinto: aliquid, isto é, o “que torna um ser diferente de outro”.[1] Esta relação dos homens... Continue Reading →

A estética moral para Edgar de Bruyne

Algumas definições etimológicas de estética na Idade Média. Riqueza de sistemas estéticos, como o imediato, moral, sapiencial e místico.

Create a free website or blog at WordPress.com.

EM CIMA ↑