A Beleza capaz de salvar o mundo

Lourdes

 “A beleza salvará o mundo”, propôs Dostoiévski,1 numa frase múltiplas vezes utilizada. São João Paulo II citou-a na sua Carta aos Artistas (1999), e o Pontifício Conselho para a Cultura viria a desenvolvê-la no documento elaborado em torno deste assunto: Via Pulchritudinis. Entretanto, cabe aqui realizar uma importante precisão coerente com estes documentos: não se trata de qualquer beleza, capaz de salvar o mundo, como se coubesse ao conceito, mesmo com todo o seu valor, qualquer força própria e redentora. É para Cristo, “o mais belo dos filhos dos homens” (Sl 44, 3), que o nosso pensamento deve remeter; Aquele em cuja face a glória de Deus resplandece (2Cor 4, 6).

Encontra-se traçada a pedagógica via que nos conduzirá à fonte absoluta da pulcritude, de onde dimana a relativa, os vestígios, através dos quais aprendemos “quão mais belo que tudo é o Senhor, o próprio autor da beleza” (Sb 13, 3). Porque, como escreveu o então cardeal Ratzinger: “nada há que melhor nos possa pôr em contacto com a beleza do próprio Cristo do que o mundo do Belo criado pela fé, bem como a luz resplandecente no rosto dos santos, através da qual se torna visível a Sua própria Luz”.2

É com este intuito que nos propusemos dedicar este artigo ao belo, esperançosos que possa de alguma forma contribuir com nossos leitores, a fim de reencontrarem aquela mesma Beleza, sempre tão nova e tão antiga, cujo hino litúrgico canta:

Beleza donde nasce e se deriva

Quanta beleza têm as coisas belas:

Ó beleza incriada, eterna, altiva,

Invisível em Ti, visível nelas,

A Ti só louve toda a coisa viva,

A Terra, o Céu, o Sol, Lua e estrelas:

E quem Te quiser dar maior louvor,

Maior parte Te dê do seu amor.3

 

Pe. José Victorino de Andrade

In: Lumen Veritatis, n. 10 (editorial adaptado)

__________________

1 Ver DOSTOÉVSKI, Fiódor. L’idiota. Trad. PACINI G. Parte III, cap. V. Milão, 2005, p. 478.

2 RATZINGER, Joseph. A Caminho de Jesus Cristo. Coimbra: Tenacitas, 2006, p. 45.

3 LITURGIA DAS HORAS – Tempo Comum. 4 ed. Gráfica de Coimbra – CEP, 2001, p. 46.

One thought on “A Beleza capaz de salvar o mundo

Add yours

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: